Principais tendências de consumo para este inverno

Todo comerciante sabe que diferentes períodos do ano demandam diferentes estratégias de vendas. O calendário festivo é muito importante na hora de planejar as ações de marketing, promoções e eventos para sua empresa. Com a mudança de estação não poderia ser diferente, e não é só o setor de moda e vestuário que pode se favorecer com o friozinho trazido pelo inverno.

 

Com as mudanças de temperatura, muda também o comportamento das pessoas. Uma pesquisa realizada pela Google Consumer Survey em fevereiro deste ano com 1,500 pessoas apontou alguns padrões interessantes de comportamento do consumidor que podem ser aproveitados pelas empresas para captar mais clientes e aumentar as vendas.

Segundo a pesquisa, as pessoas ficam mais caseiras – cerca de 80% dos entrevistados disseram que preferem ficar em casa em finais de semana de frio e 45% aproveitam o inverno para cozinhar para familiares e amigos, aumentando a pesquisa por receitas em 10%. As buscas por estados emocionais que indicam tristeza, depressão, solidão e ansiedade sobem, em média 23% com o começo do inverno. Neste contexto, a autoestima cai sendo que 75% dos brasileiros são conscientes de que comem mais no período e que, ocasionalmente aumentam preocupações com peso e problemas dermatológicos. Buscas como “melhorar a aparência” e “como ser menos feio” crescem 45%.

Mesmo que não esteja frio, a demanda por roupas de inverno cresce 30% no período. A ligação da vestimenta com a estação é imediata: há 60% mais vídeos de looks de inverno do que looks de verão no YouTube, por exemplo.

A partir desta pesquisa detalhada, as empresas podem aproveitar para impulsionar as vendas de alguns produtos, mesmo que este não tenha relação direta com a estação.

Os segmentos que prometem o melhor retorno neste período são: pele, cabelos e estética no geral, englobando todo produto e/ou serviço para cuidados com a beleza e aparência física.

Um outro setor promissor é o de receitas – a busca por alimentos e receitas para se fazer em casa aumenta bastante e, embora sopas e caldos aparecerem no imaginário das pessoas, a feijoada é a grande protagonista de consumo. O chocolate recebe ainda mais buscas no inverno do que no período de páscoa e o foundue é campeão de buscas.

Por último, mas não menos importante, está o setor de eventos como Festas Julinas e Juninas, que criam um aumento na busca por looks adultos relacionados a essas festas, que antes eram muito mais voltadas para as crianças. Outra informação interessante é a atenção das mulheres aos rodeios, com looks e produtos voltados para esse tipo de evento que costumava ser predominantemente masculino.

 

Então, aproveite que o inverno chegou e organize seu negócio para acompanhar essas tendências e conseguir mais clientes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *